Predict your next investment

INTERNET | Internet Software & Services / Advertising, Sales & Marketing
percycle.com

See what CB Insights has to offer

Stage

Acquired | Acquired

Valuation

$0000 

About Percycle

Percycle is a digital advertising firm based out of Rio de Janeiro.

Percycle Headquarter Location

Rio de Janeiro,

Brazil

Latest Percycle News

FUSÕES E AQUISIÇÕES - DESTAQUES DA SEMANA 18 a 24/dez/2017

Dec 26, 2017

"Market Movers" - Brasil Linx adquire Percycle - A Linx, especialista em software de gestão para o varejo, adquiriu mais um reforço para a sua área de comércio eletrônico, adquirindo a Percycle, uma startup de tecnologia para publicidade digital por um valor total que pode chegar a R$ 22,73 milhões. A Percycle é quarta aquisição da Linx nesse segmento. Desde 2008, foram 25 processos nacionais e um processo internacional, em áreas tão diferentes como lojas, farmácias e postos de gasolina. 22/12/2017 "Market Movers” - Exterior Ladbrokes Coral concorda com a aquisição de £4 bilhões pelo rival GVC online - A GVC está preparada para adquirir o Ladbrokes Coral depois de ter uma oferta de até US$ 4 bilhões aceita pelo conselho do gigante do jogo. O presidente-executivo da GVC, Kenneth Alexander, cujo a empresa já possui as marcas Bwin, Sportingbet e Foxy Bingo, descreveu o acordo de aquisição como 'uma perspectiva verdadeiramente emocionante’. 22/12/2017 Com compra da Gazeley, GLP cria dois novos fundos no mercado europeu - Aquisição concretiza entrada da empresa na Europa com ativos atingindo marca de US$ 43 bilhões. A GLP, empresa de instalações logísticas, anunciou conclusão da compra da Gazeley, um dos principais desenvolvedores, investidores e gestores de galpões logísticos e centros de distribuição europeus. Junto a essa transação, a GLP criou dois novos fundos, aumentando os ativos sob gestão da própria plataforma em US$ 4 bilhões (€ 3,4 bilhões), atingindo US$ 43 bilhões. Em outubro de 2017, a GLP anunciou a entrada na Europa ao adquirir a Gazeley com a intenção de acrescentar os ativos de US$ 2,8 bilhões (€ 2,4 bilhões) ao portfólio. A GLP pretende manter o time existente e a marca Gazeley, que tem forte relevância na Europa. 21/12/2017 Holandesa Koepon e americana CRI, de genética bovina, anunciam fusão - A holding holandesa Koepon e a cooperativa americana CRI, que atuam no segmento de genética bovina, anunciaram hoje a fusão dos negócios. O valor da transação não foi divulgado e a operação ainda depende das aprovações dos conselho de administração da Koepon e CRI. A expectativa é que a fusão seja concluída até meados do próximo ano. A Koepon é dona da canadense Alta Genetics, uma das maiores empresas de genética bovina do planeta. Com faturamento superior a R$ 400 milhões por ano no mundo, a Alta fatura mais de R$ 75 milhões no Brasil, que possui o maior rebanho comercial. Uma vez concluído, a fusão estará subordinada à aprovação por ambos os conselhos de administração, bem como os diretores da CRI. A negociação é não-vinculativo segue agora para o processo de due diligence, e está sujeito à analises e outras condições habituais, incluindo o recebimento dos consentimentos e aprovações governamentais, entre outros. Vale lembrar que as operações da Alta Genetics do Brasil e CRI do Brasil continuaram ocorrendo de forma independente.19/12/2017 AES Corporation vende subsidiária na Filipinas por US$ 1 bilhão - A empresa americana de energia AES Corporation fechou um acordo para vender sua participação de 51% na Masin-AES, subsidiária que controla seus negócios na Filipinas, para a SMC Global Power, empresa filipina que atua no setor elétrico, por US$ 1,05 bilhão. Segundo o presidente e diretor-presidente da AES, Andrés Gluski, os recursos da venda serão utilizados para diminuir a dívida da companhia, na tentativa de obter grau de investimento das agências de classificação de riscos em 2019, um ano antes que o previsto..18/12/2017 Hershey compra Amplify Snack Brands por US$ 1,6 bilhão - A fabricante de chocolate Hershey anunciou nesta segunda-feira (18/12) a compra da Amplify Snack Brands, por US$ 1,6 bilhão em dinheiro. A Hershey vai pagar US$ 12 por ação da Amplify, o que representa um prêmio de 71,4% sobre o preço de fechamento de sexta-feira, de US$ 7. O montante total inclui dívida e uma compensação a detentores de bônus da companhia. O negócio deve ser concluído no primeiro trimestre de 2018, disseram as empresas. A Amplify, com sede em Austin, no Texas, é a fabricante da pipoca SkinnyPop e foi fundada em 2014. A companhia tem capitalização de mercado de US$ 537,2 milhões. A Hershey disse que vai financiar a aquisição com recursos disponíveis e emissão de dívida e que isso não deve afetar a nota de crédito da empresa.18/12/2017 Campbell Soup compra Snyder’s-Lance por US$ 4,87 bilhões - A Campbell Soup anunciou nesta segunda-feira, 18, a aquisição da fabricante de salgadinhos Snyder’s-Lance, por US$ 4,87 bilhões. A Campbell vai pagar US$ 50 por ação da Snyder’s-Lance, o que representa um prêmio de 6,9% sobre o preço de fechamento de sexta-feira, de US$ 46,79. O negócio deve ser concluído no começo do segundo trimestre de 2018, disseram as companhias. A Snyder’s-Lance, com sede em Charlotte, Carolina do Norte, tem 6 mil funcionários e fabrica as pipocas Pop Secret e os salgadinhos Kettle. A empresa fará parte da divisão global de biscoitos da Campbell.18/12/2017 HUMORES & RUMORES M & A - VENDA 'Tornar o país atrativo é ter menos impostos’ - Para o presidente da McKinsey na América Latina, Nicola Calicchio, ficou mais difícil para o Brasil atrair investimentos após a reforma tributária nos Estados Unidos, que cortará impostos para empresas. A tendência é que outros países sigam o exemplo, afirma. Segundo ele, o Brasil não pode pensar em onerar o setor produtivo para resolver a crise fiscal. "Num momento em que os EUA ficam mais atrativos, falamos em aumentar imposto. Alô! Vamos fazer o Brasil ser menos competitivo ainda? ", diz. A seguir os principais trechos da entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo". Quais os efeitos da reforma tributária nos EUA para o Brasil? Haverá impacto enorme nos outros países. É extraordinário para os EUA. Estimamos que será em torno de US$ 500 bilhões de renúncia fiscal, muito menos do que tem se falado.E há os benefícios. Primeiro, quantas empresas deixarão de se mudar para a Irlanda? Segundo, que é onde pega o Brasil, o retorno. A multinacional vem para a América Latina esperando retorno maior porque há risco maior. Ela vê uma aquisição no Brasil com retorno de 13% após impostos e compara com os EUA, onde seria 10%. Mas, quando o imposto lá cai, a taxa vai para os mesmos 13%. A atratividade relativa de se investir nos EUA fica maior. Quando há um país rico entrando num círculo virtuoso, as empresas têm interesse de investir mais lá. E nós no Brasil, num momento em que precisamos atrair capital, falamos em aumentar imposto.23/12/2017 Boeing poderá se limitar à compra de 35% da Embraer - A Boeing poderá ter que se contentar a ficar com uma fatia de 35% da Embraer. Partindo da premissa de que o governo não tem interesse de aprovar a venda da fabricante de aeronaves para sua rival, dada a ligação da companhia à segurança nacional e o desgaste político que enfrentaria ao dar aval para a transação, a companhia americana poderá se satisfazer com a participação máxima permitida em estatuto, sem que a bênção do governo para o negócio seja necessária. No Estatuto Social da Embraer, no artigo 54, está previsto que qualquer acionista, ou grupo de acionistas, que adquira 35% ou mais do total das ações da empresa terá que submeter a transação à União, para que possa realizar uma oferta pública de ações para aquisição da totalidade das ações de emissão da companhia. 22/12/2017 Santos Brasil avalia alternativas para Tecon Vila do Conde - A Santos Brasil Participações informou hoje que seu conselho de administração autorizou a diretoria a iniciar processo para avaliar alternativas estratégicas envolvendo o investimento da companhia no terminal Tecon Vila do Conde (Convicon). Segundo a companhia, a avaliação pode incluir a atração de parceiros ou sócios estratégicos, bem como a venda de sua participação, adotando alternativa que adicione mais valor aos seus acionistas... 22/12/2017 Petrobras eleva em 12% carteira potencial de desinvestimentos para US$47 bi  - Objetivo atual da estatal é levantar 21 bilhões de dólares no biênio 2017-2018, dos quais 4,5 bilhões de dólares foram atingidos até o momento. A Petrobras elevou em 12 por cento o valor da carteira potencial de ativos que podem ser vendidos, para 47 bilhões de dólares, o que traz maior flexibilidade para que a empresa atinja a meta de desinvestimento traçada, afirmou nesta quinta-feira o CEO da petroleira, Pedro Parente. O objetivo atual da estatal é levantar 21 bilhões de dólares no biênio 2017-2018, dos quais 4,5 bilhões de dólares foram atingidos até o momento. A meta faz parte de suas iniciativas para lidar com sua enorme dívida, a maior do mundo para uma petroleira. 22/12/2017 PetroRio avalia PetroAfrica, da Petrobrás e BTG Pactual - A PetroRio, que tem Nelson Tanure como acionista, está na disputa pela compra da participação da Petrobrás e do BTG Pactual na PetroAfrica. O ativo é avaliado em mais de US$ 1 bilhão e tem estimativa de produção de 50 mil barris/dia de óleo superleve, de maior valor comercial. Para auxiliar no processo, a PetroRio teria contratado como assessor financeiro o Riza Capital, de Marcos Gonçalves, ex-banqueiro da alta cúpula e ex-chefe da área de fusões e aquisições (M&A) do BTG. Fundos dos Estados Unidos e Europa já demonstraram interesse em parcerias para um eventual consórcio com a petroleira. Neste ano, a Petrobrás incluiu a PetroAfrica em seu plano de desinvestimento. Tanure passou a ser acionista da PetroRio na reestruturação da empresa, até então HRT. 21/12/2017 Consórcios de Engie, Mubadala e Macquarie fazem propostas por rede de gasodutos da Petrobras, dizem fontes - A venda da TAG faz parte de um amplo programa de vendas de ativos da Petrobras. Pelo menos três consórcios, liderados pela francesa Engie, pelo grupo australiano Macquarie e pelo fundo soberano Mubadala, dos Emirados Árabes Unidos, fizeram propostas de compra de uma rede de gasodutos da Petrobras, disseram três fontes com conhecimento do assunto. Sexta-feira foi o último dia para a entrega de propostas, na primeira fase do processo de aquisição de uma participação de 90% na Transportadora Associada de Gás, unidade da Petrobras, conhecida como TAG, que tem 4.500 quilômetros de gasodutos no nordeste Brasil. A venda da TAG faz parte de um amplo programa de vendas de ativos da Petrobras, que busca levantar US$ 21 bilhões no biênio 2017-2018, enquanto a empresa tenta reduzir sua dívida de US$ 95 bilhões, a maior da indústria global de petróleo. A expectativa é que o negócio atraia lances de US$ 5 bilhões a US$ 7 bilhões, segundo duas fontes.20/12/2017 Petrobras inicia fase vinculante para desinvestimentos no setor de fertilizantes - A Petrobras, em continuidade ao Fato Relevante de 11/09/2017 e Comunicados ao Mercado de 28/09/2017 e 27/10/2017, informa o início da fase vinculante do processo de alienação integral de sua participação acionária na Araucária Nitrogenados S.A. (Ansa) e de sua Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN-III). Nesta etapa do projeto, os interessados habilitados na fase anterior receberão cartas-convite com instruções detalhadas sobre o processo de desinvestimento, incluindo as orientações para a realização de due diligence e para o envio das propostas vinculantes. 19/12/2017 Setor de saúde movimentará R$ 3 bilhões em fusões e aquisições - Mesmo com o crescimento das clínicas populares, ainda há espaço para que novos negócios aconteçam. Segundo dados do simulador de prospecção da Econodata existem pouco mais de 14 mil unidades de atendimento hospitalar privados e que visam lucro no Brasil (classificação CNAE 8610-1). “Quando existe qualquer melhoria na renda, as pessoas optam pelo atendimento particular, o que torna o setor atrativo no momentoLocal: São Paulo. O envelhecimento da população brasileira e a tendência de melhora da renda, além do baixo número de hospitais e clínicas em relação ao número de habitantes no Brasil, atraem os investidores estrangeiros a buscarem oportunidades no setor de saúde do país. A estimativa é de que este mercado movimente cerca de R$ 3 bilhões até 2018, diante do interesse de grandes grupos e fundos de investimentos. Há oportunidades em diversos estados, mas a busca maior é pela região Sudeste. Mesmo com o crescimento das clínicas populares, ainda há espaço para que novos negócios aconteçam. Segundo dados do simulador de prospecção da Econodata existem pouco mais de 14 mil unidades de atendimento hospitalar privados e que visam lucro no Brasil. 19/12/2017 Eletrobrás anuncia plano de desinvestimento de R$ 4,6 bi até 2022 - Plano Diretor de Negócios e Gestão para o quinquênio 2018 e 2022 da estatal elétrica prevê redução do endividamento da empresa e investimentos em geração e transmissão de energia. A Eletrobrás divulgou, em fato relevante publicado na madrugada desta segunda-feira, 18, seu Plano Diretor de Negócios e Gestão para o quinquênio 2018-2022. No documento, a estatal afirma que os desinvestimentos previstos pela empresa incluem um total de 77 Sociedades de Propósito Específico (SPEs) e seis outorgas corporativas, que totalizam cerca de R$ 4,6 bilhões, em valor contábil na data base de 30 de junho de 2017. Segundo a estatal, os desinvestimentos ajudarão a reduzir o endividamento da empresa, "através do pagamento de dívidas com o valor obtido com a venda das participações acionárias e ativos corporativos". As vendas estão previstas no segundo pilar a ser seguido pela Eletrobrás, que é a Disciplina Financeira. 18/12/2017 Farmacêuticas buscam novas vias de expansão - O mercado farmacêutico segue em ascensão, apesar da perda de ritmo provocada pela crise econômica no país, e as perspectivas para o futuro são promissoras. Mas, para que os laboratórios de capital nacional sigam colhendo resultados como no passado, é preciso buscar novas rotas de crescimento, à medida que a velha fórmula de desenvolver genéricos e similares de medicamentos campeões de venda, os “blockbusters”, começa a dar sinais de esgotamento. Essa é a conclusão do novo estudo do Boston Consulting Group (BCG), produzido a partir da observação das movimentações e discussões na indústria farmacêutica nacional. “O cenário está longe de ser de crise. Inovação radical, ou em ruptura, também aparece no cardápio de possibilidades elencadas pela consultoria e já testada pela indústria local. Essa rota, menos tradicional no país, pode ganhar novos contornos a partir da exploração da biodiversidade brasileira, conforme indicaram alguns laboratórios, mas esse é um campo menos explorado, explica Woods. Encabeçar um movimento de consolidação da indústria, com a provável união de forças entre fabricantes de genéricos, é apontada pelo BCG como outra estratégia a ser avaliada. “Parece haver condições de consolidação, mas não disposição dos donos de vender”, pondera o autor do estudo. No longo prazo, porém, a tendência é a de que permaneçam duas ou três grandes fabricantes de genéricos, num segmento que exige grandes economias de escala.18/12/2017  M & A - COMPRA BR Malls e HSI trocam presentes de Natal - A BR Malls deve anunciar ainda antes do Natal a venda de dois shoppings para a HSI Investimentos, continuando a estratégia da empresa de renovar e encolher seu portfólio. Originalmente a HSI — a gestora de private equity imobiliário de Máximo Lima — ia comprar três shoppings: Granja Vianna (em São Paulo), Paralela (em Salvador) e Ilha Plaza (no Rio). Depois da 'due diligence', no entanto, o acordo caminhou para apenas dois shoppings, com o Ilha Plaza saindo do pacote. No mercado, a Granja Vianna e o Paralela são avaliados em cerca de R$ 500 milhões. Só este ano, a BR Malls já vendeu quatro participações em shoppings, totalizando R$ 454,5 milhões. Na segunda-feira, a companhia vendeu seus 54,2% no Maceió Shopping por R$ 170 milhões. Ontem, vendeu sua fatia de 50% no Natal Shopping por R$166,3 milhões. 21/12/2017 Rival chinesa da Uber pode comprar a 99 - O mercado brasileiro de transportes por aplicativo pode estar prestes a receber um belo chacoalhão. De acordo com informações ainda não confirmadas oficialmente, a Didi Chuxing, uma das principais empresas desse setor na China, estaria prestes a adquirir uma parcela majoritária da 99. Seria mais uma etapa do investimento global que está sendo feito pelo conglomerado chinês rumo a uma expansão internacional. Para isso, a companhia já teria levantado US$ 4 bilhões para investimento fora de suas fronteiras, com boa parte desse montante obtido com a Softbank, gigante das telecomunicações no Japão que também está de olho no segmento de transportes. Desse dinheiro todo, pelo menos uma parcela já está no Brasil. 21/12/2017 BR Properties busca pechinchas no Brasil após injeção de capital - A BR Properties voltou a comprar. A sexta maior empresa do setor imobiliário do Brasil por valor de mercado está de olho em escritórios comerciais de alto nível no Rio de Janeiro e em São Paulo, expandindo seu portfólio com imóveis de preços inferiores ao custo de construir um edifício novo. "Vamos aproveitar o momento de baixa no mercado imobiliário do Brasil, capitalizar a empresa e usar o time que ela tem", disse Antônio Bonchristiano, presidente executivo da GP Investments, empresa brasileira de private equity que assumiu o controle da BR Properties em uma oferta pública em 2016.21/21/2017 Shell venderá ativos argentinos à brasileira Raízen - A Royal Dutch Shell escolheu sua joint venture com a gigante brasileira do açúcar e dos combustíveis Cosan como ofertante vencedora por seus ativos de refino e distribuição de produtos na Argentina, segundo três pessoas com conhecimento direto das negociações. A Raízen Combustíveis, dividida em partes iguais pelas parceiras Cosan e Shell, atualmente negocia os últimos detalhes da transação avaliada entre US$ 1 bilhão e US$ 1,1 bilhão, disseram duas pessoas, que pediram anonimato por discutirem negociações em andamento. 15/12/2017 Gigante chinesa avalia compra de áreas de eucalipto no País por até US$ 700 mi - A siderúrgica francesa Vallourec, que produz tubos de aços, colocou à venda fazendas com plantação de eucalipto em Minas Gerais que somam 230 mil hectares. Os ativos florestais são avaliados entre US$ 600 milhões e US$ 700 milhões e atraíram investidores locais e estrangeiros, entre eles a gigante China Forestry Group Corporation (CFGC), apurou o ‘Estado’. A estatal chinesa, que contratou o banco Modal como assessor financeiro, ainda não definiu como vai estruturar a operação, uma vez que o Brasil tem restrição à entrada de investidores estrangeiros desde 2010, após decisão da Advocacia Geral da União (AGU), que proibiu grupos internacionais de adquirir o controle de propriedades agrícolas. 18/12/2017 Azul vai criar empresa de logística em parceria com Correios - Operação deve começar no primeiro semestre de 2018; a companhia aérea terá 50,01% da nova empresa. A companhia aérea Azul anunciou nesta quarta-feira a criação de uma companhia de logística integrada em parceria com os Correios que deve começar a operar no primeiro semestre do próximo ano. A Azul terá 50,01 por cento da nova empresa e os Correios, o restante, afirmou a empresa em comunicado, sem dar mais detalhes. 20/12/2017 PRIVATE EQUITY Brasil não é para investidores iniciantes, diz consultoria - "Muitos fundos levantaram recursos no oba-oba do Brasil, mas não tinham vivência de crise", disse André Castellini, sócio da Bain & Company. Os resultados dos investimentos de fundos de private equity no Brasil e na América Latina foram decepcionantes em relação a outras regiões emergentes, EUA ou Europa. Como o Brasil concentra 80% dos investimentos em private capital da América Latina, também foi relevante para os resultados negativos, por conta da crise que assolou o país nos últimos anos, afirmou uma pesquisa da Bain & Company. Mas esse não é o único fator do macroeconômico para um desempenho ruim na região. A queda no preço das commodities levou a uma desaceleração da economia em vários países. Com isso, as moedas locais se desvalorizaram em relação ao dólar, o que levou à queda, em dólar, dos ganhos. Se uma empresa foi comprada com o dólar desvalorizado e vendida com a moeda em alta, o fundo perdeu apenas com a variação cambial. No entanto, um dos principais a principal razão para os resultados desanimadores é a falta de experiência de alguns fundos com os altos e baixos, diz a consultoria. “Muitos fundos levantaram recursos no oba-oba do Brasil, mas não tinham vivência de crise”, disse André Castellini, sócio da Bain & Company. “O Brasil não é para iniciantes”, afirmou.21/12/2017 IPO 9 empresas que fizeram IPO em 2017 têm valor de mercado de R$ 81,3 bilhões - Volume representa 2,62% do valor de todas as empresas listadas na Bovespa, calcula Economatica; Carrefour Brasil é a novata mais valiosa, alcançando R$ 28,9 bilhões. As nove empresas que abriram capital em 2017 na bolsa brasileira somavam um valor de mercado de R$ 81,33 bilhões, com base nos dados de fechamento do mercado desta quinta-feira (21), calculados pela provedora de serviços financeiros Economatica. Este valor correspondia a 2,62% dos R$ 3,1 trilhões do valor de mercado da soma de todas as empresas listadas na Bovespa, o principal índice de ações do país, segundo o economista Einar Rivero, gerente de relações institucionais da plataforma.22/12/2017 Advent prepara IPO da Quero-Quero, de casa e construção - A rede gaúcha de casa e construção Quero-Quero quer estrear na Bolsa no primeiro trimestre de 2018. Itaú BBA, Merrill Lynch e BTG Pactual já foram contratados para coordenar o IPO. A operação vai ser a porta de saída para a Advent, que comprou o controle da companhia no fim de 2008. A oferta deve ser integralmente secundária, sem levantar recursos para o caixa da empresa. A fatia que será vendida ainda não foi definida. Com 270 lojas na região Sul – a grande maioria no Rio Grande do Sul – a Quero-Quero fatura R$ 1,1 bilhão e é um misto de Leroy Merlin com Casas Bahia. O carro-chefe são os materiais para construção, mas as lojas vendem também móveis e eletrodomésticos. A rede tem ainda uma ampla gama de produtos financeiros, que representam cerca de 30% das receitas, segundo fontes próximas à companhia. Além de conceder empréstimos pessoais e financiamentos, a Quero-Quero é dona da Verdecard, uma bandeira de cartões com mais de 2 milhões de plásticos emitidos e que é aceita em mais de 200 mil estabelecimentos na região Sul.20/12/2017 Número de empresas que abriram capital em 2017 é o maior em 10 anos  - O total de companhias que abriram capital no mundo em 2017 foi o maior dos últimos dez anos, segundo o escritório de advocacia americano Baker McKenzie, que monitora as transações. Ao todo, foram 1.694 operações, 31% a mais que no ano passado. Esses IPOs movimentaram US$ 206,6 bilhões (R$ 680,2 bilhões na cotação atual), uma alta de 44%. "A economia mundial está favorável ao mercado de capitais e deverá continuar assim [em 2018]. Há liquidez global e uma demanda por ativos para investimento", diz Lara Schwartzmann, sócia do Trench, Rossi e Watanabe. Embora movimente um volume de capital inferior ao de Bolsas asiáticas, europeias ou da americana, o Brasil se destacou no setor de bens de consumo neste ano, de acordo com o Baker McKenzie. Empresas desse mercado listadas na B3 movimentaram US$ 2,11 bilhões (R$ 6,94 bilhões), em grande medida por causa da oferta de R$ 5,1 bilhões do Carrefour, em julho. "Tivemos operações muito grandes no país neste ano. O que poderemos observar no em 2018 será um movimento de empresas menores, com ofertas inferiores a R$ 1 bilhão", afirma Daniela Anversa, sócia do Veirano.20/12/2017 Entrevias, do Pátria, entra com pedido de companhia aberta na CVM - A Entrevias, criada pela gestora de fundos Pátria Investimentos para administrar a concessão das Rodovias do Centro-Oeste Paulista, entrou com pedido de registro de companhia aberta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O Pátria arrematou o lote no leilão realizado em março deste ano, ao oferecer ágio de 130,89% sobre o lance mínimo de R$ 397 milhões relativo à primeira parcela da outorga da concessão, em um total de R$ 917,2 milhões. Em junho, foi assinado o contrato de concessão. O compromisso prevê investimentos da ordem de R$ 3,9 bilhões ao longo dos 30 anos de concessão, sendo R$ 160 milhões já no primeiro. 15/12/2017 Aquisições e fusões devem movimentar a Bolsa em 2018 - Apostas seguem concentradas em empresas com resultados que possivelmente vão acompanhar a melhora da economia. O time da Coinvalores, por exemplo, indicou a locadora de automóveis Movida, que, depois de ter realizado investimentos, deve capturar o crescimento do setor e atingir níveis de rentabilidade mais próximos aos dos seus concorrentes. 23/12/2017 Intermédica retoma conversas com bancos para IPO em abril de 2018 - O fundo de private equity Bain Capital retomou as conversas com os bancos de investimento para lançar a oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da operadora de saúde Notredame Intermédica em abril do próximo ano. A empresa acredita que chegará com força por estar munida com os bons números do fechamento do exercício de 2017, o que na visão do controlador, deverá ajudar a impulsionar a avaliação da empresa junto aos investidores. A ideia é ir a mercado na primeira metade do ano para evitar  a volatilidade esperada com as eleições.24/12/2017 RELAÇÃO DAS TRANSAÇÕES RTM dela acordo com fintech de ex-XPs em troca de participação acionária - Na esteira do movimento de associações no mundo das fintechs, a RTM, provedora de serviços para integração no mercado financeiro, selou um acordo com a novata Monkey, com foco na área de recebíveis. A RTM vai ofertar a plataforma da Monkey a um número mínimo de instituições financeiras e, em troca, terá uma fatia da fintech. Assim, a Monkey, que tem investidores como a Wayra Telefonica e o ex-XP Marcelo Maisonnave, ganha musculatura. Seu foco está na democratização da oferta de crédito por meio da negociação de recebíveis de forma digital....  24/12/2017 Instituto Camilo Filho é vendido para a Kroton - O Ano Novo traz vai trazer novidade no ensino superior do Piauí: o Instituto Camilo Filho (ICF), uma das principais instituições de ensino de terceiro grau do estado, passa a ser controlado pela Kroton, maior empresa da área educacional em atuação no Brasil. A transferência de comando foi comunicada em reunião, ontem. Na reunião, os três acionistas originais do ICF – Charles Silveira, Átila Lira e Marcelino Carvalho – fizeram o comunicado formal da transferência de comando à representante da Kroton, também presente ao encontro. A partir da virada do ano, quem dá as cartas é a Kroton. A compra do ICF reafirma um movimento verificado nos últimos anos, de concentração do ensino superior em mãos de uns poucos grupos de investimentos, em geral controlados por fundos de investimentos estrangeiros. Antes, o CEUT já tinha passado ao controle da Estácio, a FAP passou a ser propriedade da Maurício de Nassau e a FACID foi comprada pela americana DeVry. Agora foi a vez do ICF, que passa à esfera da Kroton. Das principais instituições de ensino privado do Piauí, duas são sempre associadas à investida de grandes grupos educacionais: a Novafapi e a Santo Agostinho. 23/12/2017 Ferbasa adquire BW I, que atua em eólicas, por R$ 450 milhões - A fabricante de ferroligas Ferbasa informou hoje que adquiriu a totalidade das ações da BW I detidas pelo Santander Investimentos e pela Brazil Wind, pelo valor de R$ 450 milhões. A BW I é uma empresa de investimentos, que atua no setor eólico. A Ferbasa pode pagar ainda R$ 40 milhões adicionais, após o atingimento de metas estipuladas no contrato de venda. O fechamento da operação ainda está sujeito, entre outras condições, à aprovação pela assembleia geral extraordinária da companhia; obtenção das aprovações necessárias perante as autoridades competentes; e manutenção do curso ordinário dos negócios da BW I. O valor de empresa da BW I, considerado para fins de operação, será de até R$ 811,7 milhões.. 22/12/2017 Linx adquire Percycle - A Linx, especialista em software de gestão para o varejo, adquiriu mais um reforço para a sua área de comércio eletrônico, adquirindo a Percycle, uma startup de tecnologia para publicidade digital por um valor total que pode chegar a R$ 22,73 milhões. O valor será dividido entre R$ 13 milhões a vista, mais R$ 9,73 milhões sujeitos ao atingimento de metas financeiras e operacionais para os anos de 2018 a 2020. “Reforçamos a nossa oferta para o e-commerce e a indústria, com a entrada no mercado de publicidade”, ressalta Alberto Menache, diretor-presidente da Linx. A Percycle permite que empresas como Samsung, LG, Unilever e P&G anunciem dentro dos principais sites de e-commerce, incluindo nomes como Magazine Luiza, B2W, Via Varejo, Wal-Mart e Máquina de Vendas. Fundada em 2015, a empresa afirma ser a maior plataforma de publicidade nativa para e-commerce do Brasil, com faturamento bruto de R$ 8 milhões nos últimos 12 meses. A Percycle é quarta aquisição da Linx nesse segmento. A mais recente foi a ShopBack, por um valor que pode chegar a R$ 56 milhões. De maneira geral, a Linx vem empilhando compras. Desde 2008, foram 25 processos nacionais e um processo internacional, em áreas tão diferentes como lojas, farmácias e postos de gasolina. 22/12/2017 Prumo assina acordo de investimento com a BP para termelétrica - A Prumo Logística informou, nesta sexta-feira (22), que assinou um acordo com a BP Global Investments para investir na construção de uma termelétrica no Porto do Açu, que terá capacidade de gerar 1,2 mil megawatts (MW). Segundo o acordo, a BP vai adquirir 30% do capital da Gás Natural Açu (GNA), subsidiária da Prumo e responsável para construção da termelétrica, por US$ 7,5 milhões, via subscrição de novas ações. Ela fará um aporte de até US$ 79,2 milhões na UTE GNA I Geração de Energia, subsidiária da GNA que construirá e operará a ...  22/12/2017 Algar Venture realiza o seu primeiro investimento no agronegócio - Criada em 2016, a Sensix é uma startup de monitoramento agrícola por meio de imagens feitas por drones. A Algar Ventures, segmento de corporate venture do grupo de telecomunicações mineiro Algar, acaba de investir na Sensix, startup voltada para o agronegócio. Embora o valor do aporte não tenha sido divulgado, a Algar passou a ter 20% das ações da Sensix, empresa fundada em Uberlândia em 2016. A startup participou do programa de aceleração Algar Ventures Open. Em parceria com a Endeavor, a iniciativa apoiou nos últimos seis meses 15 empresas com alto potencial de crescimento com mentorias, parcerias e outros agentes de inovação. A companhia planeja escolher duas empresas para investir, 22/12/2017 Pátria compra empresa cearense de medicamentos - A Majela tem faturamento na casa de 400 milhões de reais. A gestora Pátria fechou a compra da Majela, empresa cearense de distribuição de medicamentos hospitalares. A empresa deve fechar o ano de 2017 com cerca de 400 milhões de reais de faturamento, em quinto lugar no ranking nacional. A aquisição faz parte de uma estratégia de consolidação do mercado pelo grupo Elfa, controlado pelo Pátria. O valor da transação não foi revelado. 22/12/2017 TPG compra projetos de transmissão do grupo Abengoa no Brasil - A TPG aceitou pagar R$ 482 milhões pelos ativos que eram de Abengoa, informou a empresa americana em comunicado. A americana TPG anunciou nesta quinta-feira um acordo para adquirir os projetos de transmissão de energia operados pelo grupo espanhol Abengoa no Brasil. A TPG aceitou pagar R$ 482 milhões pelos ativos que eram de Abengoa, informou a empresa americana em comunicado. A transação está sujeita à autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), do BNDES e do Banco da Amazônia. 21/12/2017 Eurofins Scientific compra laboratório brasileiro Pasteur - A empresa francesa de análises biológicas Eurofins Scientific comprou o grupo de medicina diagnóstica Pasteur, que atua na região de Santos (SP), abrindo uma nova linha de negócios no Brasil, informou a companhia nesta quinta-feira. A Eurofins já atua nos setores de análises de alimentos, análises ambientais e serviços bioanalíticos para agricultura, nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Paraná e Rio Grande do Sul, de acordo com o site da companhia. O valor da transação não foi revelado. O Pasteur opera atualmente em cinco cidades na Baixada Santista e deve obter receita de mais de 25 milhões de reais em 2017, disse a Eurofins. 21/12/2017 BB Seguridade investe em portal de oficinas automotivas Car10 por meio do BR Startups - A BB Seguridade fez um compromisso de investimento de até 5 milhões de reais no portal de oficinas mecânicas Car10, reforçando parcerias de seguradoras com empresas de tecnologia. Fundada há três anos, a Car10 é uma ferramenta online de consultas a orçamentos de oficinas mecânicas para reparos cujos valores são em geral inferiores aos da franquia das seguradoras. No caso da Car10, o investimento foi feito por meio por meio da BR Startups, fundo gerido pela MSW Capital, que também tem entre os investidores a Microsoft e a Qualcomm. A Car10 já tem desde maio uma parceria com a seguradora SulAmérica. O investimento inicial é de 2 milhões e pode chegar a cinco milhões sob certas condições. 21/12/2017 Imerys adquire produtor brasileiro de carbonato de cálcio Micron-Ita - Segundo a Imerys, a aquisição fortalece sua presença no Brasil abrindo seu portfólio para novas aplicações de mercado dinâmico. A Imerys anunciou recentemente que completou a aquisição da Micron-Ita Indústria e Comércio de Minerais Ltda., fabricante brasileira de carbonatos de cálcio moídos micronizados para aplicações em polímeros. A Micron-Ita gera uma receita de aproximadamente € 16 milhões (aproximadamente US $ 18,9 milhões). De acordo com a Imerys, a aquisição reforça a sua presença no Brasil abrindo seu portfólio para novas aplicações de mercado dinâmico (por exemplo, compostos de PVC, revestimentos e perfis de telhados, tubos e acessórios). 08/12/2017 Banrisul cria empresa de capitalização com a Icatu Seguros - O Banrisul (BRSR6) firmou parceria com a Icatu Seguros para a criação de uma empresa que terá a exclusividade, pelo período de 20 anos, para comercialização de produtos de capitalização nos canais de distribuição do banco, mostra um documento enviado à CVM nesta quinta-feira (21). O objetivo dessa parceria, explica a nota, é consolidar o Banrisul com uma posição de destaque na comercialização de produtos de capitalização no Estado do Rio Grande do Sul e na Região Sul, diversificando e aumentando suas fontes de receita. A nova empresa será subsidiária da Banrisul Icatu Participações, holding de participações da qual o Banrisul e a Icatu detêm, respectivamente, 49,99% e 50,01% das ações representativas do capital social, e que hoje já controla a Rio Grande Seguros e Previdência. 21/12/2017 SLC Agrícola vende 11,6 mil hectares por R$ 176,7 milhões - A SLC Agrícola, uma das maiores produtoras mundiais de grãos e fibras, assinou instrumento particular de venda de 11.604 hectares por R$ 176,653 milhões ou R$ 15,223 mil por hectare....  21/12/2017 Easy Carros adquire XMultas e soma a gestão de multas à sua plataforma - Easy Carros, startup de gestão de frotas, adicionou o serviço de administração de multas à sua plataforma com a aquisição da XMultas, que utiliza tecnologia e inteligência artificial para contestação ou parcelamento de multas. O negócio foi fechado por R$ 10 milhões, de olho em um mercado que registrou de janeiro a setembro mais de 400 mil habilitações suspensas só no Estado de São Paulo, 12,5% acima do mesmo período de 2016. A Xmultas já atendeu 25 mil motoristas desde a sua criação, tendo contestado R$ 7,8 milhões em infrações potencialmente cobradas incorretamente. 21/12/2017 BR Malls vende fatia de 50% no Natal Shopping por R$ 166 mi - Esta é a segunda venda de participação anunciada pela empresa esta semana e a quarta do ano. Natal Shopping: BR Malls destaca que esta transação "reforça o compromisso da companhia com a estratégia de reciclagem de portfólio”. A BR Malls vendeu sua participação de 50 por cento no Natal Shopping, no Rio Grande do Norte, por 166,3 milhões de reais, segundo comunicado divulgado nesta quarta-feira. Esta é a segunda venda de participação anunciada pela empresa esta semana e a quarta do ano, totalizando 454,5 milhões de reais, o maior volume de vendas realizado pela BR Malls em um único ano.20/12/2017 Santander e HDI Seguros criam seguradora digital de automóveis - Controle da companhia será compartilhado pelo banco e pela HDI, cada uma tendo participação de 50 por cento. Santander Brasil afirmou deter 22,5 por cento do mercado de financiamento de veículos no país. O banco Santander Brasil anunciou nesta quarta-feira a criação de uma seguradora digital de automóveis em parceria com a HDI Seguros, a Santander Auto.O controle da companhia será compartilhado pelo Santander Brasil e pela HDI, cada uma tendo participação de 50 por cento, informou o Santander Brasil em fato relevante. O Santander Brasil afirmou deter 22,5 por cento do mercado de financiamento de veículos no país. No fim de setembro, a carteira de crédito automotivo da instituição para pessoa física somava 34,4 bilhões de reais, alta de 16,3 por cento em 12 meses.20/12/2017 PagSeguro compra controle de fintech Biva, diz fonte - Empresa pertencente ao grupo UOL investiu R$ 11 milhões para efetuar a compra, adquirindo 50,5% da fintech. A PagSeguro, empresa de meios de pagamento do grupo de Internet Universo Online (UOL), adquiriu o controle da fintech Biva, voltada a empréstimos para pessoas físicas e microempresas, por mais de 11 milhões de reais, disse uma fonte com conhecimento do assunto à Reuters. A operação realizada em outubro garantiu ao UOL 50,5 por cento da Biva, informou a fonte. De acordo com documento obtido pela Reuters, com data de novembro, a fintech recebeu um aporte de 7,9 milhões de reais em seu capital e Ricardo Dutra e Eduardo Alcaro, respectivamente presidente-executivo e diretor financeiro do UOL, assumiram lugares na diretoria da empresa.20/12/2017 A empresa israelense Frutarom comprou uma participação de 51% na Bremil Indústria por US $ 31 milhões . - Israel, 20 de dezembro de 2017 - Frutarom Industries Ltd. (" Frutarom "), uma das dez maiores empresas mundiais no setor de sabores e ingredientes finos naturais, continua seu impulso de aquisições e implementação de sua estratégia de crescimento, anuncia que assinou um acordo para a compra de 51% das ações da Empresa brasileira Bremil Indústria Ltda. (" Bremil "), o principal produtor de soluções salgadas no Brasil, com um valor de aproximadamente US $ 73 milhões (cerca de R$ 240 milhões). O valor da  aquisicão dos 51% das ações é de US $ 31 milhões (aproximadamente R$ 103 milhões), que inclui ajustes estimados de ativos na data de conclusão. A transação inclui um mecanismo para futura consideração com base no desempenho comercial futuro da Bremil em 2017 e 2018.20/12/2017 BHS e Axter anunciam fusão - As companhias mineiras BHS e a Axter acabam de anunciar a fusão de suas operações. Juntas, as empresas somam mais de R$ 25 milhões de faturamento e cerca de 200 profissionais. Com 23 anos de mercado, a BHS é especializada em projetos de business intelligence, portais e colaboração, fábrica de software e outsourcing de TI. Já a Axter foi fundada há sete anos e tem foco em serviços gerenciados de infraestrutura de TI e nuvem. Juntas, vão entregar desde desenvolvimento de soluções, implementação, serviços gerenciados, consultoria, outsourcing de TI, além de comercializar as soluções da Microsoft, como Office 365 e o Azure.20/12/2017 Dona do iFood aporta em app de entrega - A Movile, dona dos aplicativos iFood e PlayKids no Brasil, anunciou aporte na startup colombiana de delivery Mercadoni, que atua no segmento de compras em supermercados, farmácias, pet shops e lojas de vinhos e delicatessens. Em comunicado, a empresa informa que é a primeira vez que investe em uma startup de delivery com atuação exclusivamente fora do Brasil. A Movile não informa o valor desembolsado, mas ressalta que o aporte faz parte de uma rodada de investimentos na Mercadoni que totalizou US$ 9 milhões. 19/12/2017 EDP Brasil compra participação em empresa de Santa Catarina - A EDP irá investir R$ 230 milhões para comprar 14,46% da Celesc – Centrais Elétricas de Santa Catarina, admitindo um investimento adicional de até R$ 199 milhões em mais ações preferenciais. A EDP Brasil, detida em 51% pelo grupo português EDP, anunciou um acordo com a Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ) para a compra de uma participação de 14,46% na Celesc, empresa do Estado de Santa Catarina com ativos de geração, distribuição e transmissão de energia elétrica. O acordo prevê a compra pela EDP de 33,1% das ações ordinárias da Celesc – Centrais Elétricas de Santa Catarina e 1,9% das ações preferenciais, que no seu conjunto representam 14,46% do capital da empresa. A aquisição custará R$ 230 milhões.19/12/2017 Albioma compra 60% de unidade de cogeração da Jalles Machado  - A companhia francesa de energia Albioma comprou 60% de participação na unidade de cogeração de energia elétrica da usina sucroalcooleira Jalles Machado localizada em Goianésia (GO). O valor do negócio, o quarto da Albioma no Brasil, não foi informado. 19/12/2017 WPP adquire participação majoritária na Enext - O WPP anunciou que a J. Walter Thompson adquiriu uma participação majoritária na Enext, agência digital especializada em comércio eletrônico e soluções de marketing. A Enext, empresa que obteve uma receita de R$ 10,4 milhões no ano passado, tem em sua carteira clientes como Ambev, Arezzo, Mondelez, Novartis e Sephora. Criada em 2008, ela conta hoje com 120 pessoas em sua equipe e 150 clientes ativos. Com sede em São Paulo, é líder em consultoria, desenvolvimento de plataformas e gerenciamento de iniciativas digitais para clientes no Brasil. Com este passo, o grupo J. Walter Thompson segue sua estratégia de montar uma rede de empresas que agregam soluções e expertises que vão além da propaganda tradicional. 31/10/2017 Mercedes-Benz compra participação na TruckPad - A startup brasileira conecta caminhoneiros a empresas e pessoas que precisam de transporte de cargas. Com o movimento, a Mercedes-Benz passa a ser a terceira maior acionista da startup. Carlos Mira, fundador e presidente da TruckPad, continua como o maior acionista com 48% das ações e o grupo de tecnologia Movile, através de suas empresas Maplink e Apontador, detém a segunda maior fatia da companhia. Fundada em 2013, a TruckPad já tinha recebido um aporte da americana Plug and Play, uma das maiores aceleradoras de startup do mundo. O relacionamento com a Mercedes-Benz começou no ano passado, quando a startup virou fornecedora de dados e informações sobre os caminhoneiros para a montadora. Um terço da base de caminhões cadastrada na plataforma é da marca Mercedes. Hoje, o aplicativo já tem mais de 600 000 downloads e, diariamente, 50 000 usuários usam a plataforma. A empresa estima fechar o ano com faturamento de 3,3 milhões de reais, o dobro do ano passado. 19/12/2017 Neto de Maksoud manobra e compra 1/3 da herança do hotel por "ninharia”   - Atual administrador do Maksoud Plaza, o empresário Henry Maksoud Neto adquiriu por um valor bastante acessível a parte de Vera Lúcia Barbosa, que há três anos se tornou herdeira do hotel. A transação foi realizada no ano passado. Conforme o blog noticiou ontem, Vera obteve na Justiça em 2014 o reconhecimento de paternidade de Henry Maksoud, fundador do hotel, morto no mesmo ano. Em 2016, ela conquistou o direito de usar o sobrenome da família. Ela seria fi...Neto ofereceu pelo terço de Vera no Maksoud Plaza R$ 2, 640 milhões, a serem pagos em vinte anos (240 parcelas mensais de R$ 11 mil, reajustáveis pelo IGPM). 19/12/2017 Horizonte Minerals compra da Vale projeto Vermelho no Pará por US$ 8 milhões - A Horizonte Minerals informou nesta terça-feira que fechou a compra do projeto de níquel e cobre Vermelho no Brasil da Vale, por US$ 8 milhões. A Horizonte, uma companhia de desenvolvimento de níquel listada no Reino Unido e no Canadá, afirmou que planeja levantar até 8,5 milhões de libras (US$ 11,4 milhões) por meio oferta de ações no Reino Unido e no Canadá para financiar o negócio. Ao emitir 200 milhões de novas ações no Reino Unido cada uma a 3,5 pence, a companhia informou que pretende levantar 7 milhões de libras. Isso representa um desconto de 17% em relação ao preço de fechamento da segunda-feira em Londres. A empresa acrescentou que pretende levantar mais 1,5 milhão de libras no Canadá, por meio da alocação privada de 42,9 milhões de ações.18/12/2017 Toro Partners adquire participação na agência gaúcha The Wedge - A empresa adquiriu participação minoritária de 20% no capital do grupo The Wedge (TW), agência de comunicação e marketing digital, com sede em Porto Alegre. Fabrício Scalzilli, sócio da Toro Partners que conduziu a operação, já vinha acompanhando de perto os passos da TW, que possui ferramentas de tecnologia aliadas à comunicação, seja com foco em mídia, redes sociais, inbound marketing e criação de conteúdo, além da área de Contact Center, que funciona como outsourcing de relacionamento entre empresas e cientes. São mais de 30 profissionais, na maioria jovens, distribuídos em áreas como atendimento, criação e mídia, liderados por Eduardo Sukienik, ex-sócio da Brasil Brokers, e por Andrey Ximenes. A empresa deve crescer 35% neste ano e já projeta acelerar o crescimento em 50% em 2018, frente à entrada do novo investidor. A abertura de uma filial em São Paulo já está prevista para o primeiro trimestre do próximo ano.18/12/2017 Oxford compra a Strauss, antiga fábrica de cristais de Blumenau - Em breve a marca Strauss voltará ao mercado de cristais sob a direção de novos donos. O prédio que abrigou a fábrica, as máquinas e o nome da antiga cristaleria de Blumenau, que fechou as portas em junho do ano passado depois de se afundar em dívidas, foram comprados pela Oxford, empresa de São Bento do Sul mais famosa por sua linha de louças de cerâmica e porcelana. A venda ocorreu na manhã desta segunda-feira durante um leilão a céu aberto no pátio da sede da Strauss, no bairro Itoupava Central. Ex-funcionários acompanharam de perto todo o processo, que durou pouco mais de 15 minutos. O conjunto de bens estava avaliado em R$ 5,51 milhões, mas ninguém se manifestou na primeira chamada. Na segunda, que partia de uma oferta mínima de 70% desta quantia – R$ 3,85 milhões –, o diretor-superintendente da Oxford, Irineu Weihermann, foi o único a levantar a mão.18/12/2017 Startup de Curitiba recebe aporte de R$ 4 mi e quer dominar EAD na América Latina - Especializada na comercialização de software para ensino à distância, Eadbox recebeu aporte da gestora de fundos Bzplan, de Santa Catarina. A startup curitibana Eadbox acaba de receber um aporte de R$ 4 milhões da Bzplan, gestora de fundos de Santa Catarina. Boa parte do dinheiro deve ser investido na tecnologia. A Eadbox desenvolve um software que permite a pessoas e empresas ofertarem cursos de ensino à distância. Entre as novidades, a empresa quer ofertar aulas offline, para aumentar o tempo de permanência dos alunos. Entre as metas, está a de dominar este mercado na América Latina. 18/12/2017 Petrobras confirma venda de 25% do campo de Roncador para Statoil, por US$ 2,9 bi - A Petrobras confirmou, em fato relevante publicado na manhã desta segunda-feira, 18, que assinou acordo com a empresa norueguesa Statoil para vender 25% da participação que detém no campo de Roncador, na Bacia de Santos, pelo valor total de US$ 2,9 bilhões. Desse total, US$ 2,35 bilhões serão pagos pela Statoil no fechamento da operação e US$ 550 milhões virão em pagamentos contingentes “relacionados aos investimentos dos projetos que visam o aumento do fator de recuperação do campo”. Dessa forma, continua a Petrobras no comunicado, “os investimentos futuros neste campo serão realizados na proporção 2:1, com a Statoil assumindo 25% adicionais, limitados a US$ 550 milhões, além da sua participação adquirida. A Petrobras continuará como operadora do campo, com a participação de 75%”.18.12.2017 Koppert fecha compra da Bug - A holandesa Koppert fechou a aquisição, por meio de sua subsidiária brasileira, da Bug Agentes Biológicos, com sede em Piracicaba. Com a aquisição da empresa de controle biológico, cujo valor não foi divulgado, a Koppert afirma chegar ao primeiro lugar no ranking do setor na América Latina. Criada em 2001 na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP), a Bug rapidamente começou a chamar a atenção do mercado, sendo, em 2012, eleita pela revista Fast Company (EUA) como a mais inovadora do Brasil. Em 2013, foi a primeira empresa da América Latina a integrar o grupo pioneiros da tecnologia, do Fórum Econômico Mundial, e, em 2016, recebeu o prêmio Nanocell de Empresa de Biotecnologia Empreendedora do ano no Brasil. A Bug tem duas fábricas: uma em Piracicaba e outra em Charqueada, ambas em São Paulo. Segundo o diretor comercial da Koppert do Brasil, Gustavo Herrmann, o faturamento da Bug na área de tratamento para cana deve somar R$ 15 milhões em 2017 e outros R$ 5 milhões devem vir das vendas de produtos para hortifrútis. No total, os investimentos da Koppert no Brasil devem chegar a R$ 10 milhões em 2018. "E continuamos em busca de novas aquisições no país", afirmou o executivo.18/12/2017 Move Concerts faz fusão com a brasileira WorkShow - A disputa na indústria do "showbiz" ficará mais acirrada: a americana Move Concerts está se unindo com a brasileira WorkShow. Foram seis meses de tratativas para criar a WMM Company, que nasce entre as cinco maiores empresas de entretenimento ao vivo do mundo. Segundo fontes do setor, juntas, as duas movimentam cerca de R$ 1 bilhão por ano com a venda de ingressos. ..  18/12/2017 RELATÓRIOS - DESTAQUES DA SEMANA QUEM, O QUÊ, QUANDO, QUANTO, COMO e POR QUÊ  A pesquisa FUSÕES E AQUISIÇÕES - DESTAQUES DA SEMANA tem o propósito de captar o “clima” do mercado das operações de Fusões e Aquisições bem como sinalizar suas principais tendências. Trata-se da compilacão semanal das notícias visando tornar mais acessíveis e conhecidos os negócios de fusão, aquisição e venda realizados entre empresas com atuação no Brasil. Todas as informações sobre os negócios citados no presente relatório são obtidos a partir de notícias publicadas pela imprensa e divulgadas no “estado" pelo blog FUSOESAQUISICOES.BLOGSPOT http://fusoesaquisicoes.blogspot.com.br, não sendo feita qualquer verificação quanto à sua veracidade, precisão ou integridade do conteúdo. Sempre que possível, serão mencionados os nomes dos compradores – investidor estratégico ou fundos de private equity, dos vendedores, a tese de investimento e principais “value drivers”, o valor da transação, forma de pagamento, múltiplos praticados (Valor da Empresa/EBITDA, Valor da Empresa/Receita) etc. Muitas vezes a notícia não é clara a respeito dos valores/forma de pagamentos e respectivos múltiplos. É bem-vinda toda e qualquer contribuição para tornar as informações mais precisas e transparentes. Caso o conteúdo estiver em desacordo, nos contate que estaremos retirando o mesmo ou corrigindo a respectiva  informação. Blog FUSÕES & AQUISIÇÕES 26 dezembro 2017

Predict your next investment

The CB Insights tech market intelligence platform analyzes millions of data points on venture capital, startups, patents , partnerships and news mentions to help you see tomorrow's opportunities, today.

CB Insights uses Cookies

CBI websites generally use certain cookies to enable better interactions with our sites and services. Use of these cookies, which may be stored on your device, permits us to improve and customize your experience. You can read more about your cookie choices at our privacy policy here. By continuing to use this site you are consenting to these choices.